560

'Double Shot' photographed by Hugo Toni for Umag+

'Double Shot' photographed by Hugo Toni for Umag+

lamorbidezza:

Shoes at Chanel Haute Couture Spring 2014

My wedding snikers.

O sapato de cerimónia criado por Raymond Massaro para a Chanel em 1957 continuou a aparecer em todas as estações a partir dessa data - só o salto e a biqueira têm mudado, para se adaptarem às silhuetas dos vestidos de cada década. Desde os anos 90, o clássico da Chanel está disponível em sete alturas de salto, que vão do raso ao stiletto.
A razão, pela qual, este sapato clássico da Chanel ser bicolor é criar a ilusão de que o pé é mais curto do que, realmente, é. Indicado para pés compridos, não aconselhado para pés curtos.

O sapato de cerimónia criado por Raymond Massaro para a Chanel em 1957 continuou a aparecer em todas as estações a partir dessa data - só o salto e a biqueira têm mudado, para se adaptarem às silhuetas dos vestidos de cada década. Desde os anos 90, o clássico da Chanel está disponível em sete alturas de salto, que vão do raso ao stiletto.

A razão, pela qual, este sapato clássico da Chanel ser bicolor é criar a ilusão de que o pé é mais curto do que, realmente, é. Indicado para pés compridos, não aconselhado para pés curtos.

Sandálias RAXMAX

Sandálias RAXMAX

Os agricultores espanhóis confeccionavam leves sapatilhas de lona chamadas alpargatas cujas solas eram feitas de esparto entrelaçado. No início do século XX, nas elegantes estâncias de férias da Riviera, a alta sociedade adoptou-as e deu-lhes o nome de espadrilles.
Práticas e chiques, as espadrilles ficaram na moda nos Estados Unidos da América na década de 50, como uma alternativa às sandálias. A versão “jogo do galo” da Joan & David tem solas entrelaçadas, grossas e resistentes, concebidas para andar na cidade.

Os agricultores espanhóis confeccionavam leves sapatilhas de lona chamadas alpargatas cujas solas eram feitas de esparto entrelaçado. No início do século XX, nas elegantes estâncias de férias da Riviera, a alta sociedade adoptou-as e deu-lhes o nome de espadrilles.

Práticas e chiques, as espadrilles ficaram na moda nos Estados Unidos da América na década de 50, como uma alternativa às sandálias. A versão “jogo do galo” da Joan & David tem solas entrelaçadas, grossas e resistentes, concebidas para andar na cidade.